Contos do Zé

O Zé do conto, não chama Zé.
Zé é só porque muita gente chama Zé.
E quando você chama Zé, sempre tem alguém pra responder.
Ai | Comer | Final do Expediente | Angela | desafios | Índole | Hoje | Profissional | Rede
Voltar para o site
desafios

eu gosto de desafios.
E um dos mais difíceis é o de lembrar o que aconteceu na noite passada quando eu acordo sem lembrar.
é uma preocupação boba porque estou vivo e de roupa, o que é muito bom ou nem tanto.
ninguém deitado ao meu lado, o que é muito bom ou nem tanto.
levanto assustado em busca frenética pela minha carteira. achei. ufa.
tudo bem até agora.
porque não estou com fome?
ah, comi. Passei na padaria antes de subir vinte e três andares no
elevador mais lento do mundo.
mas o que eu comi?
lembro com quem estava.
quero um café.
levantar da cama é desafiador também.
deve ser bem difícil não lembrar das coisas.
mas se eu não lembrar das coisas significa que eu
não vou saber que esqueci dessa forma não tem
problema algum. acho que esqueci de colocar virgula em algum lugar.
porta fechada a chave. não lembro de ter fechado a porta. escovei os dentes antes
de dormir, não lembro. mais de cem mensagens no telefone. os olhos não ajustam o
foco para que eu consiga ler.
banho é necessário mas não agora. quero parar de pensar. finjo estar preocupado
pela falta de lembranças mas eu mesmo acho difícil acreditar em mim.
Flashes, flashes milhares de flashes sobre ontem. nossa, fiz isso, disse aquilo, fui ali,
sai de lá, bebi isso, aquilo e mais tudo que tinha. escondo meu rosto embaixo do travesseiro
pra me esconder de mim mesmo de vergonha de ter dito o que disse pra quem disse, espero
que ela não lembre. caralho, mais flashes. flashes. flashes.
parece que minha memória acordou depois de mim.
puta merda, conectou um pen-drive com imagens de ontem em minha
cabeça e como tem coisa.
que legal.
hahah nossa, olha isso.
caraca ela também estava lá.
nãoooooooooooo. não eu não posso ter feito isso.
hahahaha chega.
vou levantar. ops. não. vou ficar aqui mais um pouco.
fechar os olhos e não lembrar de nada é um desafio.
antes eu queria lembrar e não conseguia.
agora quero não lembrar e não consigo.
ressaca moral? não. chega.
chega.chega.chega.chega.chega.chega.chega.chega.chega.chega.
chega.chega.chega.chega.chega.chega.chega.chega.chega.chega.chega.
para. para. para. para. para. para. para. para. para. para. para. para.
para. para. para. para. para. para. para. para. para. para. para. para.
para. para. para. para. para. para. para. para. para. para. para. para.
para. para. para. para. para. para. para. para. para. para. para. para.
bem, vou falar, mas não me leve a sério: NUNCA MAIS BEBO.
putz esqueci de usar e no final só usei maiúsculas agora.

11/07/2016